Make your own free website on Tripod.com
            

              O MISTÉRIO DO MAMÃO BATIDO


Você gosta de mamão? Mamão batido? Pois eu detesto!  Não, não é o mamão batido no liquidificador. Esse eu também gosto. Estou é falando do mamão que é vendido nos supermercados aonde faço compras.

Agora me digam, se eu não puder ter um pé no meu apartamento (o vizinho do andar de cima recusou, peremptoriamente, a deixar-me abrir um buraco no meu teto para a árvore passar, mesmo depois de eu prometer dividir as frutas com ele – acho que detesta mamão!) como é que eu faço para achar um mamão (ou abacaxi, ou banana, que também gosto muito) em “bom estado” num supermercado?

Já tentei até comprar os verdes com aquelas marcas escuras que tinha esperança fosse, vamos dizer, só um mamão com sardas. Engano meu. Todos as manchas apodreceram.

Já fui pela manhã, à tarde, à noitinha. Só não fui de madrugada por que sair à noite, aqui no Rio, tem que ser mais que um simples caso de vida ou morte. E já estou desconfiada que é aí que entro pelo cano. Um dia, quando tiver uns três guarda-costas e carro blindado, vou enfim chegar de supetão em plena madrugada e tirar a dúvida.

Normalmente a gôndola está cheia de mamão. Aí... não tem escolha – tenho que ir tirando uns de cima dos outros tentando escolher o menos batido. Você consegue, por exemplo, segurar um mamão em cada mão (ai... que rima...), mas não dá para olhar todos – e tem que virar, revirar e apalpar de leve para conseguir não pegar um todo molenga, querendo virar creme, ou meio podre. A prateleira abaixo está entupida de laranja. Dou a volta e acho um lugarzinho na prateleira do limão. Tiro outro e acho lugar na prateleira de maçãs. E assim vou. Nessas alturas minha mão está grudando, molhada com o “leite” que está saindo dos mamões. Mexo e remexo tudo e não consigo achar um mero mamão em bom estado. Desisto.

Vou para a prateleira dos abacaxis. De novo o mesmo processo, só que eles espetam se não tiver cuidado. De novo tem que ver um por um e ir espalhando abacaxis por todos os lados e... depois... colocar tudo de volta no mesmo lugar. E, tristeza, também não tem nenhum inteiramente bom, todos têm “pedaços” estragados. Tenho que decidir se levo um mamão ou um abacaxi batido pelo preço de um bom. Difícil decidir, já que nem sempre consigo avaliar direito "o estrago" somente pela aparência e tato.  Tento as bananas.... Mas aqui só existem dois tipos de bananas: as inteiramente verdes nuns dias e as mais que maduras em outros. Essas mais que maduras só servem para se comer lá mesmo porque não dá tempo nem para levar para casa. E hoje é dia das verdes... Azar o meu.

Eu não sei de onde essas frutas vêm. Só tenho certeza de que é de algum país muito, muito distante e tem que ser atrasado, pois não aprenderam ainda a embalar pra viagem.
Ou será que são plantados aqui mesmo no Brasil? Se for, como será que conseguem deixar um mamão em tal estado? Fico imaginando se é por falta de equipamento. Eles têm que cair do pé quando se sacode a árvore ou de maduro? Sem um bom alcochoado “poc”, primeira batida. São empilhados em montes grandes a beira da estrada? Como a pilha é alta os ficam embaixo sentem a pressão e ficam meio amassadinhos (normalmente os mais grudentos nos supermercados)? Chega o caminhão e um bóia fria joga as frutas para dentro do caminhão? Quando ele acerta o baque é menor? Quando ele erra... recolhe e joga de novo?

Será que é porque só temos uns 400 anos de cultivo e ainda não deu para aprender todos os macetes de colheita, embalagem e transporte? Ou será culpa do comprador do supermercado que tem um inimigo que adora essas frutas? Não, não pode ser. Será que tem um pessoal que recolhe os restos dos centros distribuidores tipo Ceasa e doa para os supermercados? Tem que ter um mistério aí. Algo que justifique a má qualidade dessas frutas. Será refugo das exportações?

É, não tem jeito mesmo. Bem que eu queria evitar, mas vou acabar ligando para um amigo que está indo para os EUA e perguntou se eu queria alguma coisa. Vou pedir um mamão, daquele bem grande, bem bonito, sem batidas nem manchas que se encontra nos supermercados de lá e da Europa. Vou matar a minha vontade.

PS- Vocês viram na TV as bananas que nossos  conterrâneos tinham nas mãos nos jogos Olímpicos de Inverno? aquilo é que é banana!  


Wallpapers Exclusivos, Grátis  Proteção de Tela Personalizada

                         
           
          Proibida a reprodução inteira ou parcial  sem autorização expressa
            Copyright © Rabiscos Viqui Rocha ® 2001 Todos os Direitos Reservado
webdesigner: viqui rocha